sábado, 13 de outubro de 2007

Serviço Público ao pormenor

O anseio demontrado no Blog, teve resposta, directa ou não, pelo Ecos de Basto. Também eles se queixam do estado lastimável da Rotunda do Nó de Basto e explicam, muito interessadamente, porque é que ainda está assim, num raro apontamento do "Mais e Menos" fora da Vila de Refojos. Palmas para o esclarecimento. clap, clap, clap...

3 comentários:

Ferreira disse...

Parabésn ao "ecos de basto". É o que se chama independência, imparcialidade e rigor em jornalismo, quando analisa o desenvolvimento local rsrsrsrsrsrs

Correia disse...

Ferreira e a rotunda à entrada do parque Industrial de Lameiros? Quando é que a Câmara se digna mandar limpar as silvas e acabar de pavimentar a rotunda? É uma vergonha que centenas de pessoas que trabalham naquele parque deparem há anos com aquele cenário. Um concelho que tivesse um pingo de dignidade deveria proporcionar uma boa imagem do parque industrial. É uma vergonha para Cabeceiras que depois de o assunto ter sido levantado no Jornal "O Basto", há longos meses, a Câmara ainda n se tenha dignado melhorar a entrada do nosso Parque Industrial, que é bem a imagem do concelho. Muita propaganda e obras de fachada. Ao estilo Sócrates.

Metralha disse...

A culpa é do senhor Mário Campilho rsrsrsrsrsrs