quarta-feira, 2 de abril de 2008

Emendas pior que sonetos

A prática corrente de adaptar a Lei ao Urbanismo, em vez do Urbanismo à Lei, é um exercício de administração municipal irresponsável. Pior, é anti-democrática e contrária ao Estado de Direito, porque legitima o crime, promovendo o erro contra os interesses dos cidadãos, sob o pretexto de que os abusos dos prevaricadores têm sempre uma perspectiva de perdão futuro, no enquadramento de Planos de Pormenor ou PDM's constantemente modificados para esse mesmo efeito.

1 comentário:

Eduardo disse...

Visão lúcida e profunda. Um post para reflexão sobre o que nos rodeia.